Tecnologia

O tubarão morreu!

O serviço de compartilhamento de música online Grooveshark teve seu funcionamento interrompido após uma longa luta com as gravadoras sobre direitos de licenciamento.

O principal objetivo da empresa era tornar mais fácil para os usuários o compartilhamento de músicas, mas devido não obter o direito de sediar os arquivos em seus servidores, a morte do tubarão veio com uma admissão de que “erros graves” deixada no site.

As dores de cabeça da empresa Grooveshark começou em 2011, quando várias gravadoras entraram com uma ação contra distribuição de música sem primeiro obter os direitos das mesma na hospedagem, essas canções vieram de usuários do serviço que postaram o conteúdo, e compartilharam com seus amigos.

Em acordo extra judicial, concordaram em encerrar o serviço, a exclusão de todos os arquivos a partir de servidores não licenciados, de entregar toda a propriedade intelectual para as gravadoras e no lugar do sistema, foi colocado um pedido de desculpas ao público.

Alguns trechos do comunicado,

“Nós começamos há quase dez anos com o objetivo de ajudar os fãs a partilhar e descobrir música, mas, apesar de melhor das intenções, nós cometemos erros muito graves…”

“… NÓS FALHAMOS EM ASSEGURAR AS LICENÇAS DOS DONOS DOS DIREITOS PARA A VASTA MAIORIA DE MÚSICAS NO SERVIÇO. ISSO FOI ERRADO. NÓS NOS DESCULPAMOS. SEM RESERVAS.”

O tubarão antes de morrer sugeriu  Spotify, Google Play e Beats Music.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *